quinta-feira, 1 de maio de 2014

Pão

O  desafio do mês de maio escolhido pelo grupo "Dia Um...na Cozinha!",  foi o pão!
Adoro pão, mas ao ver este tema, confesso que fiquei um pouco apreensiva, já que fazer pão não é das minhas receitas de eleição.
A minha avó era padeira e a minha mãe aprendeu esse dom com ela. Na minha infância passava as férias com os meus pais na aldeia onde nasceram, e o pão que consumíamos era cozido em casa em forno de lenha!
A minha avó fazia o melhor pão que já comi, tudo era feito com muito rigor, a farinha e a levedura tinham que ser de excelente qualidade, a farinha tinha que ser muito bem peneirada, a massa tinha que ser sovada para ficar bem trabalhada. Era feita a habitual reza para que a massa levedasse (dormisse), o forno a lenha tinha que estar bem quente e a lenha tinha que ser de  “giesta”! 
Tudo isto era feito com rigor, pois se algo falha-se o pão já não seria tão bom.
No dia que se cozia pão, eu andava sempre com as mãos na massa, e a minha avó tinha sempre uma bolinha para mim. Ao sair do forno, bem quentinha, esta era aberta e regada com azeite e açúcar, simplesmente maravilhosa! 
Para além destes segredos todos, acho que o maior é o gosto de trabalhar a massa!
Foi um desafio, mas as imagens comprovam que foi superado!









Aqui fica o meu contributo do mês de maio de 2014 no grupo "Dia um...na Cozinha"! Aguardando pelo próximo desafio para o mês de junho!



Pão 
Pré aqueça o forno a 200ºC

1kg de farinha Tipo 65 Nacional
30g de fermento padeiro
4 colheres de chá de sal fino
60cl de água tépida


Deite um pouco de água morna numa tigela, junte o fermento e deixe atuar cerca de 10 minutos.
Num alguidar grande, deite a farinha peneirada, adicione o sal, acrescente o fermento e misture.
Aqueça a água até ficar tépida.
Abra uma cavidade no centro da farinha e verta a água tépida.
Misture tudo muito bem, deite um pouco de farinha sobre a massa até deixar de se colar às mãos. À medida que se vai amassando, coloque água ou farinha se for necessário.
A massa para ficar bem amassada deverá ser bem sovada (batida).
Faça uma bola, polvilhe com farinha, tape com uma manta e deixe levedar 'dormir' durante uma hora. Passado este tempo a massa deverá ter o dobro do volume.
Tenda (molde) os pães em formato arredondado e coloque-os num tabuleiro com um pano e deixe levedar mais uma hora.
Aqueça o forno, coloque outro tabuleiro a aquecer polvilhado com farinha e de seguida coloque nesse mesmo tabuleiro os pães, deixando cozer cerca de  35 a 40  minutos, conforme o tamanho dos pães.

24 comentários:

  1. Ola Jacqueline

    Engraçado como ambas tivemos a mesma ideia, o meu pao é simplesmente pao, sem mais rodeios, sem mais nada, o pao que consumiamos antigamente e que tal como dizes era cozido em forno de lenha!!!!

    O teu ficou com um aspeto excelente, adorei!!!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  2. Pãozinho simples e certamente delicioso :)
    Beijinhos e bom feriado *
    Vânia

    ResponderEliminar
  3. Pois que pãozinho bem sovado e feito em forno de lenha é uma maravilha.. quem me dera agora uma fatia acabadinha de sair do forno.. :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Um pão maravilhoso e feito a rigor deve ser bem delicioso!

    ResponderEliminar
  5. Um pão cheio de amor e com lembranças tão bonitas só podia ficar muito saboroso.
    Parabéns pela participação
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  6. Ola,
    Parabéns pela participação, ficou com muito bom aspecto.
    Adoro fazer pão e feito em forno de lenha é uma maravilha...
    Bjinho

    Katia
    http://entretachosebimby.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Recordações tão boas... como este pão caseiro, o melhor! :)

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  8. Ficou com um ar delicioso!
    Tão bom!
    Beijinho

    Sílvia
    http://bocadinhosdeacucar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Bonito pão e com lindas lembranças, eu comia uma fatia desse pão barrado com manteiga e polvilhado com açúcar.
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Olá Jacqueline!
    Ficou lindo esse pão! Faz-me lembrar o pão que a minha mãe fazia quando eu era miúdo e também em forno de lenha. Todo esse ritual que descreves é tão familiar para mim. São imagens que ainda hoje guardo e nunca esquecerei.
    Adoro o aspecto robusto desse pão, ficou lindo e mesmo a convidar para uma fatia com manteiga. ;)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! São memórias que ficam para sempre...!
      Bjs

      Eliminar